JORNAL DE AROMATOLOGIA – 6a edição

Saiu a 6a edição do Jornal de Aromatologia da Laszlo. Para baixar clique em:
http://laszlo.ind.br/campanhas/JORNAL_6_AGOSTO_2015_web.pdf

Ou pegue seu exemplar impresso aqui na Pria!

Vejas algumas da matérias desta edição:

Óleos essenciais no crescimento capilar.
Temaskal aromático – emprego de óleos essenciais na sauna sagrada indígena.
Uso de óleo de pimenta negra para parar de fumar.
Ação ansiolítica da Sálvia esclaréia superior e da Lavanda e da Camomila Romana.
Potencial da copaíba contra o alcolismo.
Uso da Lavanda na redução do uso de opióides e na melhora da epilepsia.
Potencial do Neroli em melhorar distúrbios hormonais femininos.
Óleos essenciais úteis contra a gripe e a rinite.
Efeito contraceptivo e estimulante da libido do óleo da semente de cenoura.
Ação antioxidante e benefícios do óleo de café verde.
Poder imunoestimulante do óleo de curry.
Óleo de manuka como protetor solar.
Óleos com potencial antiabortivo.
Óleos que acalmam cães durante viagens.
Alecrim em estudo mostrou aumentar ondas beta no cérebro favorecendo os estudos.

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

Para seu lanche da tarde: Banana com Canela (vegana)

banana-com-canela

 

Ingredientes

bananas médias (500 g)
1/3 da água de um coco verde médio (140 ml)
1/2 tira de um pau pequeno de canela natural
3 pitadas de canela em pó

Preparo

Na água de coco, liquidifique as bananas e o talo de canela, até quebrá-lo por completo. Caso seja necessário, ligue e desligue o liquidificador, bem como alterne sua potência. Depois, lance três pitadas de canela em pó por cima da mistura, criando um saborido especial ao mesmo tempo em que decora o copo em que ela será servida.

 

Dica – Há diferentes tipos de bananas (d’água, ouro, maçã, terra, vinagre e figo) que podem ser utilizadas para preparar essa iguaria, suscitando distintos paladares, cores e texturas.

Fonte: Receita do livro CRUlinária Frugal, de Eduardo Corassa 

http://www.cantinhovegetariano.com.br/2012/07/banana-com-canela.html

 

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

SOPA DE ABÓBORA COM ÓLEO DE PATCHOULI

10873642_760898427314438_4179549948930722078_o

O patchouli, é usado frequentemente em sabonetes e cosméticos que tem as propriedades de rejuvenescer peles secas e envelhecidas, e também funciona como um desodorante, pois consegue mascarar o odor do suor. Ambos o óleo e as folhas são usados em conjunto, pois as folhas adicionam uma textura e fragrâncias únicas para a mistura. Esse óleo é conhecido por ter ativos fixadores e acredita-se que suas propriedades olfativas e terapêuticas melhoram com o envelhecimento do óleo, assim como um bom vinho. O Patchouli é pouco usado como erva medicinal, pois seu uso pode causar perda de apetite, do sono e até causar “ataques nervosos”. Mas, no entanto, algumas culturas orientais estimam muito o patchouli como um grande profilático.

Os Aromaterapeutas consideram o patchouli também como um afrodisíaco, baseado nas crenças de que o aroma do mesmo estimula as glândulas pituitárias a liberarem endorfina, um hormônio que alivia a dor, estimula a euforia e também o desejo sexual. Patchouli é recomendado para uso externo em tratamento de ansiedade em doses bem pequenas, pois em excesso tem efeito sedativo. Na indústria e na culinária, o patchouli também tem aplicações. As folhas frescas de P. cablin são usadas como tempero e as folhas secas de P. heyneanus (A espécie menos aromática entre as duas) são usadas para dar sabor a uma bebida alcoólica. O óleo extraído de P. cablin dá sabor a gomas de mascar, produtos assados e doces, enquanto o óleo de P. heyneanus é usado na composição de tinta indiana.

Sopa de Abóbora com Patchouli

Essa receita única e maravilhosa é a preferida e vai dar o que falar em suas festas de Outono e Halloween. Saboreie essa delícia tradicional com um toque essencial.

Ingredientes:

½ Abóbora-menina grande, descascada e cortada em cubos. (Aprox. 2 xícaras)
1 Copo de purê de abóbora (250mL)
3 tabletes de caldo caldo Knorr (legumes, frango ou outro)
½ Xícara de creme de leite
2 Colheres de sopa de Manteiga sem sal
2 Colheres de sopa de Azeite de oliva extra virgem
1 Cebola grande picada bem fininha
12 Gotas de Óleo Essencial de Patchouli
1 Pitada de Noz Moscada
Sal grosso para temperar a gosto

Modo de Preparo:

Derreta a manteiga no azeite em uma panela grande em fogo médio-alto.
Adicione as cebolas e mexa a frigideira sobre o fogo até dourar por cerca de 3 a 5 minutos.
Adicione a abóbora picada e mexa com uma colher até que todos os pedaços estejam misturados ao óleo.
Coloque o caldo knorr e logo em seguida adicione o purê de abóbora e mexa bem.
Cubra com água e tampe a panela.
Deixe cozinhar por 20 minutos, até a abóbora ficar bem macia.
Após cozinhar, bata a sopa no liquidificador ou em um processador, até que fique uniforme. Tome cuidado, pois a sopa fica muito quente.
Após misturar a sopa no liquidificador, coloque-a em uma panela passando por um coador. (Coadores grandes de aço inox são a melhor opção)
Leve de volta ao fogo médio, adicione o creme de leite, sal e a noz moscada.
Logo antes de servir, adicione as gotas de Patchouli. (Atenção, adicione as gotas aos poucos e vá testando para o sabor ficar agradável ao seu paladar. Quantidades menores de gotas podem ser o suficientes).
Mexa até misturar bem, então sirva!

Delicie-se e se surpreenda com essa delícia da estação!

RECEITA DO SITE: http://www.peacefulmind.com/October%20Herb%20of%20the%20Month%20Patchouli.pdf

Este óleo está disponível em:

so_pria
Natural é Estar Bem!
www.pria.com.br

BOLO DE LARANJA DO BEM COM ÓLEO ESSENCIAL

bolo-de-laranja

BOLO DE LARANJA DO BEM

Ingredientes: 

2 x. de suco de laranja (1 para a massa e outra para a calda)

3 ovos orgânicos

1 x. de farinha de arroz

1 x. de fécula de batata (pode ser só a farinha de arroz)

5 c. sopa de óleo

1 x. de açúcar orgânico (pode substituir por 1 x. de adoçante forno e fogão stevita ou açúcar de coco)

Raspas da casca de uma laranja

5 gotas de óleo essencial de seu cítrico favorito (yuzu, mandarina, tangerina, lima, bergamota, etc)

 

Modo de fazer: acender o forno 180/200 graus. Bater na batedeira os ovos, óleo e açúcar. Adicionar alternadamente o suco de laranja e as farinhas. Por último o fermento e a raspinha.

Untar forma de furo no meio com óleo e far. de arroz. Assar por 35 min. aprox.. Pode espetar se houver duvida mais no final da cocção.

 

Calda:  1 x. de suco de laranja (adicionar 1 c. sopa de açúcar se a laranja não for doce). Se for consumir o bolo em até 2 dias, apenas regue. Se for durar mais, importante ferver a calda por uns 2 min. Quando a calda estiver morna adicione 5 gotas do óleo essencial escolhido. Dica: quando desenformar, regar pelo fundo do bolo depois vire. A absorção é bem mais completa.

Pare de revirar na cama quando for dormir! Durma mais rápido com essa receita.

sleep

 

Se você gosta de um lanchinho da noite, escolher alimentos que te acalmam e evitar aqueles que te mantêm acordado, lhe ajudará a ter uma boa noite de sono. O que deve ser evitado são lanches doces que criam picos de açúcar e isso é o oposto do que você precisa nessa hora do dia.

Aqui vai a receita de um cocktail com ingredientes potentes que lhe ajudarão na sonolência de diversas maneiras. O Cálcio do leite tem um efeito calmante no sistema nervoso central e a lactose libera endorfinas. Ele também é rico no amino ácido triptofano que é transformado pelo corpo em serotonina, um neurotransmissor que (além de outras coisas) regula o relógio interno. A camomila e valeriana são ervas relaxantes. A camomila acalma o sistema nervoso central. A valeriana tem a ação extra de ser um relaxante muscular.

Cocktail Boa Noite

Ingredientes

1 1/2 (xícara) de leite orgânico ou leite de coco ou leite de amêndoas
1 saquinho de chá de camomila
2 (colheres de chá) de cacau em pó (não usar chocolate em pó, mas o cacau puro)
20 gotas de tintura de valeriana ou 5 gotas de óleo essencial de valeriana

Como fazer

1. Aqueça o leite, adicione o saquinho de chá e deixe infuso por 8–10 minutos, para fazer um leite infuso de camomila.

2. Coloque o cacau em pó numa caneca e mixture com um poquinho de água para gazer uma pasta espessa.

3. Adicione a valeriana na caneca e despeje por cima o leite de camomila, misturando tudo muito bem .

4. Beba 10 minutos antes de ir para a cama.

Fonte: Organic Health

Agora algumas observações minhas. Ultimamente tenho recebido inúmeras queixas de pessoas que não dormem bem, acordam durante a noite, têm insônia. Enfim, relaxar parece ser um problema generalizado. Eu mesma já passei por fazer assim.

Então vão algumas considerações a ser observadas:

A insônia começa ao longo do dia e se manifesta à noite. Ter um dia absurdamente estressado e esperar um noite de sono feliz parece ser incongruente. Assim, mesmo que seu trabalho seja estressante, faça pequenas pausas para relaxar. A pausa pode ser pequena mesmo como uns 10 min. Mas leve esta pausa a sério. Parar por 10 min e ficar esse período com a mente elouquecida com os problemas, é o mesmo que não parar.

Para ajudar, use uma sinergia de óleos essenciais de camomila romana, espruce e lavanda. Aplique esta sinergia nos pulsos e na nuca. Essa sinergia é bastante relaxante e ajuda a desascelerar um pouco.

Ao longo do dia tome bebidas que sejam vasodilatadoras. Quando o calibre das veias aumenta, a pressão arterial cai e isso ajuda a relaxar.

Antes do dormir evite atividades que deixem agitado. Sabe quando a gente evita brincar com os bebês à noite para que eles não fiquem agitados antes de dormir? Pois é, isso vale para os adultos também. Perto da hora do sono mude completamente o rítmo, como se fosse uma ritual pré-sono. Converse de forma mais suave, não ouça músicas altas e agitadas. Fale em um tom mais baixo. Ler livros e outras atividades tranquilas também ajudam o cérebro a mudar o foco e ir se preparando para relaxar.

Pode parecer incrível mas algumas pessoas antigamente descansavam antes de dormir. Uma vez estávamos na casa de um amigo e a avó dele foi deitar durante a tarde (ela tirava uma soneca todas as tardes). A porta estava aberta e eu vi que ela estava deitada mas não estava dormindo. Falei isso para o amigo, que a avó dele só estava deitada. Para minha surpresa ele disse que ela descansava antes do dormir. Achei aquilo tão incrível e sem sentido que fui saber mais. Assim descobri que várias pessoas têm esse hábito de simplesmente deitar por um tempo sem o compromisso do sono, apenas descansando antes de dormir. É claro que quis testar a teoria e um dia fui descansar antes de dormir. Como a minha mente estava agitada, fiquei ali deitada tentando relaxar, contando números, prestando a atenção na minha respiração… essas coisas. De repente eu tinha dormido! Foi bem surpreendente o resultado. Assim, descobri que somente ir se deitar no momento em que se quer dormir, não é uma boa idéia. O melhor mesmo é se deitar um pouco antes para ir se desconectando das atividades do dia. Fica aí a dica: descanse antes do sono.

Outros detalhes: telas azuis como televisão, computador, tablet, etc são inimigas do sono. Melhor um livro.

Luz acesa pode não te atrapalhar a pegar no sono mas te atrapalha ao longo do sono não permitindo um descanso profundo (além de atrapalhar a produção de melatonina). Melhor um quarto escuro.

Usar aquela sinergia de camomila, espruce e lavanda quando se deitar é muito relaxante. pingue algumas gotas no travesseiro, passe nos pulsos e, caso tenha alguém para te ajudar, passe ao longo da coluna até ser absorvido pela pele.

Bom, é isso. Ficam aí minhas dicas e essa receita. Deixe seu comentário contando como foi a experiência para você.

Beijos a todos!

http://www.pria.com.br

Alho Negro Caseiro – Como fazer?

Reblogando de http://www.tampopogourmet.com.br/2012/05/alho-negro-caseiro-como-fazer.html
Desde que conheci o alho negro, coloquei na cabeça que iria dar um jeito de fazê-lo em casa.

Sabia que o alho deveria sofrer um longo processo de maturação, com temperatura (cerca de 60ºC) e umidade controladas.

Não sei como é o processo industrial do alho negro, mas o caseiro ficou bem parecido, embora um pouco mais úmido. Além disso, o meu também não passou por pasteurização, processo importante em produtos industrializados.

Depois de alguns dias na geladeira, o sabor do alho ficou praticamente idêntico aos que eu já havia comprado.

A pedidos, vou explicar o modo como fiz. Quem tiver interesse, pode pegar a essência do processo e tentar adaptar aos utensílios disponíveis em casa.

aDSC_0931

UTENSÍLIOS:
Panela elétrica de fazer arroz (capacidade de 10 copos)
Suporte com aproximadamente 20cm de diâmetro e 15cm de altura
Fita isolante
Papel Alumínio
Papel Manteiga

INGREDIENTES:
20 cabeças de alho comum de boa qualidade

MODO DE FAZER:

Cobrir a panela de arroz com 4 faixas de papel alumínio, distribuídas de forma a cobrir todos os lados internos do recipiente da panela de arroz. É importante que as faixas tenham cumprimento para cobrir todos os lados do recipiente e ainda sobrar o suficiente para cobrir as cabeças de alho (que serão colocadas depois).

Em seguida, fazer o mesmo com o papel manteiga, de forma a cobrir todo o papel alumínio.

2012-03-17_09-43-02_857

Distribuir no fundo do recipiente uma camada de cabeças de alho.

2012-03-17_09-47-25_879

Colocar o suporte sobre a primeira camada e fazer outra camada de alho.

2012-03-17_09-57-39_288

Suporte para a segunda camada de alho não emprensar a camada inferior.

2012-03-17_09-59-58_751

Segunda camada de alho.

Envolver o alho com as faixas de papel manteiga e alumínio.

2012-03-17_10-02-44_951

Colocar mais uma camada de papel alumínio por cima de tudo.

mail

Colocar dentro da panela elétrica.

2012-03-17_10-10-40_615

Vedar todas as saídas de vapor da panela com fita isolante.

2012-03-17_10-18-18_702

A partir disso, ligar a panela na tomada e deixar na função de aquecimento por 21 dias.

2012-03-17_10-19-29_741

No 21º dia, tirar a fita isolante e deixar por mais 5 horas.

2012-04-04_23-48-30_148

Pronto!!! Basta abrir a panela e deixar o alho esfriar.

Depois disso, é só usar.

Que tal um Linguine com tomatinhos e alho negro? Fácil e rápido!

Demorado é só o alho negro mesmo…

aDSC_0805b

DICAS E CONSIDERAÇÕES:

a) Quanto melhor o alho comum utilizado, melhor será o seu alho negro.
b) Conservar o alho negro, depois de pronto, em geladeira.
c) O suporte que eu tenho em casa é de metal. Acho que ele esquentou muito e deu uma ressecada nos alhos da camada de cima. Vou procurar um de madeira.
d) Não sei ao certo qual a temperatura interna da panela elétrica na função de aquecimento, mas li que a temperatura ideal é de 60ºC a 70ºC.
e) Outro teste que quero fazer é o de envolver cada uma das camadas em um pacote separado de papel manteiga e papel alumínio para ver se a umidade se conserva melhor.
f) O uso da fita isolante é essencial para que o alho não perca a umidade. Quando fiz sem a fita, o alho virou pedra.
g) Li algumas matérias interessantes no site do Alho Negro Luigi, incluindo uma que fala sobre os seus benefícios.
h) Para quem quiser fazer um alho profissional, há algumas apostilas anunciadas na internet que explicam o processo. Como não comprei nenhuma, não tenho indicação para fazer.
i) Comprei duas marcas de alho negro e achei que o da Marisa Ono é o mais saboroso e de textura mais cremosa.

Receitinhas de mel aromático para o inverno

Imagem

Nada melhor que combinar as propriedades terapêuticas do mel com os óleos essenciais. Utilizamos em média 5-10 gotas de óleo essencial para cada 100g de mel. Lembre-se sempre de misturar bem antes do uso, pois se parado por muito tempo, o óleo essencial tende a se desprender do mel subindo para a superfície. Algumas sugestões:

Delicioso mel de mandarina com capim limão
100g de mel + 5 gotas de OE mandarina + 2 gotas OE gengibre CO2 + 3 gotas OE capim limão

Mel antigripal de ravensara, louro e própolis
100g de mel + 5 gotas OE ravensara aromática + 5 gotas de OE louro + 20 gotas de própolis

Mel aquecedor de canela, gengibre, cravo e noz moscada (quentão)
100 g de mel + 4 gotas de OE canela cascas + 2 gotas OE gengibre CO2 + 1 gota OE cravo botões + 2 gotas de OE noz moscada GT Indonésia

Mel expectorante de hortelã e eucalipto
100g de mel + 5 gotas OE hortelã pimenta + 5 gotas OE Eucalipto globulus ou radiata

Mel afrodisíaco para o inverno
100g de mel + 4 gotas de canela cascas + 5 gotas OE cacau ABS + 1 gota funghi porcini ABS ou vetiver + 1 gota Noz moscada GT Indonésia + 1 gota OE gengibre CO2

Mel afrodisíaco de rosas
100g de mel + 5 gotas OE palmarosa + 2 gotas gerânio Bourbon + 2 gotas OE Rosa de damasco (se for a diluída a 10% use de 10-20 gotas)

Mel cítrico perfumado e digestivo
100g de mel + 4 gotas OE petigrain mandarina + 3 gotas OE limão siciliano + 2 gotas OE laranja dark

SUPER DICA: Prepare seu chá normalmente com as ervas de seu gosto e adicione 1 colher de chá/sopa de mel aromático. O perfume é magnífico! E você pode se tratar ou ainda servir um delicioso chá a amigos.

Todos estes óleos essenciais você encontra com a qualidade Laszlo na Pria: www.pria.com.br