CORRESPONDÊNCIAS INCRÍVEIS DOS ÓLEOS ESSENCIAIS COM O SER HUMANO

dr-dietrich-guembelPor Dietrich Gümbel – Doutor em zoologia, biólogo e geógrafo

Dr. Gümbel estará palestrando no II Congresso de Aromatologia e ministrará dois dias de curso pós-congresso. Ele fará também durante esse evento o lançamento de seu livro ‘‘Fundamentos da terapia holística com óleos essenciais das plantas’’ traduzido para o português pela editora Laszlo com momento de autógrafos.

Como biólogo trabalhando em Ciências Ambientais, perguntava-me sobre o fato das moléculas químicas dos óleos essenciais das plantas poderem curar doenças e dar suporte ao estado de saúde do homem, pois as plantas parecem ser organismos tão diferentes quando comparadas ao Ser Humano.

Então, comecei a comparar as plantas com seres humanos, biologicamente, encontrando as funções dos órgãos das plantas como raiz, folhas, flores, frutos e sementes, e observando a correspondência das funções dos órgãos humanos.

O resultado da minha investigação no início dos anos 80 foi uma correspondência incrível entre os dois seres. Posso afirmar que as raízes das plantas correspondem ao intestino humano, que as folhas cuidam de todas as funções circulatórias como coração, fígado, baço, pulmões e rins. E as flores como a parte menos imitável das plantas, com o seu fruto especial e disposição genética única nas sementes, são correspondentes à forma individual de um rosto humano como expressão da sua própria personalidade divina.

Óleos essenciais são conhecidos como os portadores da “Essência” (no sentido do “Ser”) de uma planta, pois são os portadores do espírito delas. E “espírito” corresponde também ao “espírito” dos Seres Humanos. Óleos essenciais carregam o cheiro e a característica original do órgão da planta de onde foram extraídos.

Por exemplo: o OE Vetiver é extraído das suas raízes e tem um cheiro de terra muito profundo. E ao redor da raiz desta planta estão milhões de micro-organismos da “flora edáfica” (do solo) que também são encontrados no nosso intestino compondo nossa “flora intestinal”. Esse óleo essencial e especialmente seu hidrolato estimulam as funções dos intestinos e dos órgãos reprodutivos.

Baseado em experiências de tratamento e resultados de investigação, criei uma chave universal para a aplicação de qualquer óleo essencial existente, baseado em qual órgão da planta ele foi extraído. Nomeei este sistema de “Terapia da Essência Herbal”.

RAIZ e MADEIRA: ajudam principalmente nos órgãos-funções das regiões inferiores do corpo humano.

FOLHAS e BROTOS: ajudam principalmente nos órgãos-funções das regiões superiores do corpo humano.

FLORES, FRUTOS e SEMENTES: ajudam principalmente nos órgãos-funções da cabeça e todos os tecidos nervosos do corpo humano.

1461112_978200992250846_6823213994117024268_nEstas conexões levaram-me à aplicação de óleos essenciais altamente diluídos compostos em sinergias para aplicação em plantas e solo para jardinagem e agricultura. Praticamos isso com sucesso há 30 anos. Esta aplicação é chamada de “Cuidado Aromático Vegetal”, que nós usamos para tonificar a força vital das plantas e organismos no solo através do auxílio aos seus sistemas imunológicos para todos os tipos de pragas. Essa é uma contribuição ambiental para equilibrar o ecossistema.

Outra descoberta incrível dos nossos estudos e experiências durante as nossas investigações de longo prazo é o fato de que o nosso nariz e a sua preferência para um determinado cheiro é a expressão individual e momentânea da demanda de uma vibração olfativa especial. Isso significa: o déficit de um cliente para uma certa vibração é expressa por sua própria escolha pelo aroma. E isso significaria uma maneira fácil para trazer equilíbrio à saúde e à mente.

Então, na nossa “Terapia da Essência Herbal” e “Cosmoterapia” (incluindo cor, som e cristais, todos em ressonância), nós não recomendamos nenhum óleo essencial para o tratamento, mas deixamos a decisão para o próprio cliente seguindo o ditado inglês: “seu nariz sabe”. E o aromaterapeuta pode, então, sentir o que isso significa dentro da situação de saúde do cliente relativo ao óleo essencial selecionado por ele.

Mais tarde, investigamos a relação entre as cores e os óleos essenciais incluindo o nível vibracional e os órgãos internos humanos.

Esses níveis vibracionais são baseados nos nossos órgãos do sentido. Cada órgão do sentido é responsável por um desses níveis que nós definimos como “Níveis de Sentido”. Minha investigação no significado do “sentido” dos nossos órgãos, levou-me ao resultado de que os Seres Humanos possuem não apenas cinco (tato, paladar, olfato, audição e visão) mas sete sentidos. Defini o sexto sentido como o “Terceiro/ Olho Divino”, entre nossas sobrancelhas, na frente do nosso sentido de autoconsciência. E eu defini o coração como o sétimo sentido, porque qualquer órgão de percepção sensorial é totalmente baseado no suprimento ininterrupto de sangue proveniente do coração, de outra maneira não haveria tato, visão, audição, paladar, olfato ou qualquer tipo de consciência. Isso me levou ao insight: “Apenas o coração faz sentido”.

Outra relação interessante é que, o desenvolvimento original da pituitária ou hipófise – glândula hormonal mestra situada na base do cérebro e condutora de todas as glândulas hormonais – provém da membrana da mucosa olfativa, na formação do feto e, dessa forma, encontram-se células olfativas na pituitária que checam a consistência do sangue circulante, causando regulações hormonais relevantes para equilibrar o metabolismo do corpo e da mente.

Nossa Cosmoterapia é uma integração coerente e científica de: Aromaterapia, Cromoterapia e Terapia de Som, com a Terapia de Cristais.

E por último, mas não menos importante, baseado na nossa Musicoterapia, criamos uma música-cósmica relacionada a cores e tonalidades do espectro do arco-íris. Consegui encontrar novas escalas com sete tons que você pode facilmente tocar sem causar nenhuma dissonância. Então, você está livre para tocar a partir do seu coração sem ler nenhuma nota em nosso recém- projetado “Harpa-Cósmica” para fazer música na terapia.

Em Cosmoterapia temos para qualquer órgão do sentido uma terapia estimulante convergente em um único conceito.
Artigo presente em:

http://laszlo.ind.br/c…/JORNAL_LASZLO_7_JANEIRO_2016_web.pdf

93413356-5F51-4DC5-96B7-616CA321745C.png

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

‪#‎aromaterapia‬ ‪#‎óleoessencial‬ ‪#‎aromacologia‬ ‪#‎óleosessenciais‬‪#‎aromatologia‬ ‪#‎laszlo‬ ‪#‎laszloaromaterapia‬ ‪#‎aromas‬ ‪#‎reiki‬ ‪#‎massagem‬‪#‎massoterapia‬ ‪#‎beleza‬ ‪#‎perfumaria‬ ‪#‎acupuntura‬ ‪#‎medicina‬‪#‎enfermagem‬ ‪#‎fitoterapia‬ ‪#‎plantasmedicinais‬ ‪#‎homeopatia‬ ‪#‎saúde‬‪#‎botânica‬ ‪#‎farmacognosia‬ ‪#‎espiritualidade‬ ‪#‎antroposofia‬

 

ÓLEO ESSENCIAL DE EUCALIPTO CITRIODORA (O DE SAUNAS) MOSTRA EM ESTUDO POTENCIAL TERAPÊUTICO CONTRA A DOENÇA DE ALZHEIMER E PARKINSON

eucaliptoUm óleo tão barato quanto o eucalipto citriodora (Corymbia citriodora), comumente utilizado em saunas, jamais poderia ser imaginado como tendo potencial terapêutico na doença de Alzheimer. Mas seu mecanismo de ação dentro da célula, no processo de respiração da mitocôndria, apontou seu grande potencial, digno de maior atenção pelos cientistas, em doenças degenerativas, como o Alzheimer, Parkinson, ataxia, doença de Alper, doença de Leber, miopatias, rabdomiólise e doença de Leigh. Leia mais a seguir o resumo da pesquisa e no final o link do estudo científico na íntegra.

Efeito do óleo essencial de Eucalyptus citriodora sobre o metabolismo energético mitocondrial

Com o fim de contribuir ao conhecimento da sua atividade a nível celular, foi avaliado o mecanismo de ação do óleo essencial de Eucalyptus citriodora (Fam. Myrtaceae) sobre a bioenergética mitocondrial, o efeito sobre a taxa de consumo de oxigênio de mitocôndrias energizadas (estados 3 e 4) e o coeficiente de controle respiratório (CCR). Usando técnicas espectrofotométricas, foi analisada a atividade dos complexos da cadeia respiratória. Os resultados obtidos indicam que o óleo essencial de E. citriodora aumenta a velocidade do consumo de oxigênio nos estados 3 e 4, reduz o CCR, desacopla a fosforilação oxidativa, aumenta a atividade da citocromo c oxidase e aumenta a atividade ATPase em mitocôndrias intatas, a partir da concentração de 10 µg / mL. Estes resultados sugerem que o óleo essencial ou seus metabolitos afetam o funcionamento normal do transporte de elétrons na cadeia respiratória e na síntese de ATP.

Estes resultados despertam grande interesse no potencial farmacêutico do óleo de Eucalipto citriodora, por causa da diminuição da atividade da citocromo c oxidase tem sido associado com várias patologias, tais como ataxia, doença de Alper, doença de Leber, miopatias , rabdomiólise e doença de Leigh (40-42). De igual modo, estudos recentes Du et al. (43) mostraram a demência vascular atribuída a diminuição da atividade da citocromo c oxidase, perda de funções cognitivas e da memória em ratos.

A atividade aumentada da citocromo c oxidase mediada óleo de E. citriodora, e a ativação desta enzima, sugere uma alternativa terapêutica contra a doença de Alzheimer (46).

Referências gerais: Vesga, Luis Carlos. Efeito do óleo essencial de Eucalyptus citriodora sobre o metabolismo energético mitocondrial. Rev.Colomb.Quim. vol.43 no.2 Bogotá May 2014
http://www.scielo.org.co/pdf/rcq/v43n2/v43n2a02.pdf

(46) GC-MS analysis of Eucalyptus citriodora leaf extract and its role on the dietary supplementation in transgenic Drosophila model of Parkinson’s disease. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23318758

Detalhe, apenas fique atento ao fato que os óleos de eucalipto vendidos em supermercados ou casas de piscina para uso em saunas, são diluídos na média de 20-30% com óleo mineral ou água (neste caso com algum surfactante). O óleo essencial puro é barato, mas possui um valor maior agregado se comparado a estes produtos genéricos de mercado que são impuros e misturados.

Outra observação a ser feita é que o componente ativo neste óleo é o citronelal, um aldeído que não encontramos em outros óleos de eucalipto do mercado, como o e. globulus, e.radiata, e.robusta. e.hortelã, e. cidreira, etc. Estas outras espécies não são indicadas para estes mesmos usos aqui descritos no estudo. O eucalipto citriodora é rico em poderosa atividade antiinfecciosa, com estudos destacando potencial de seu uso em penumonia, tuberculose e outras doenças pulmonares graves, ocasionadas por bactérias. Além disso, há pesquisas denotando ação anticancerígena para o citronelal.

Autor:
Fábián László
Cientista Aromatólogo

Óleo de eucalipto citriodora 100% puro e cromatografado você encontra na

93413356-5F51-4DC5-96B7-616CA321745C.png

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

Obs.: A Pria não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

‪#‎aromaterapia‬ ‪#‎óleoessencial‬ ‪#‎aromacologia‬ ‪#‎óleosessenciais‬‪#‎aromatologia‬ ‪#‎laszlo‬ ‪#‎laszloaromaterapia‬ ‪#‎aromas‬ ‪#‎reiki‬ ‪#‎massagem‬‪#‎massoterapia‬ ‪#‎beleza‬ ‪#‎perfumaria‬ ‪#‎acupuntura‬ ‪#‎medicina‬‪#‎enfermagem‬ ‪#‎fitoterapia‬ ‪#‎plantasmedicinais‬ ‪#‎homeopatia‬ ‪#‎saúde‬‪#‎eucalipto‬ ‪#‎sauna‬ ‪#‎alzheimer‬ ‪#‎ataxia‬ ‪#‎eucaliptocitriodora‬ ‪#‎neurologia‬‪#‎cérebro‬

 

VOCÊ SENTE ALGUM CHEIRO ENXAQUECOSO?

11225386_938955586175387_9104963151608339655_n.jpg

Já parou para reparar como funciona seu olfato antes de uma crise de enxaqueca?

Cientistas americanos descobriram que cerca de 30% das pessoas que sofrem de enxaquecas recorrentes, apresentam distúrbios sensoriais pouco antes das cefaleias. Esses distúrbios, conhecidos como aura, são, em geral, sensações visuais irreais que se surgem antes das crises, apresentando também sensações de formigamento, amortecimento, dificuldade de fala e compreensão.

Entretanto, um estudo recente conduzido pelo Centro Montefiore de Cefaleia em Nova York, constatou que algumas pessoas sentem odores imaginários associados ao início da cefaleia. A pesquisa indica como mais comum, o cheiro de algo queimado, mas também são recorrentes cheiros de lixo ou esgoto, e algumas pessoas relatam cheiros agradáveis como laranjas, café e foie gras.

Acredita-se que esses sintomas sejam criados pelo mesmo fenômeno que cria as alucinações visuais, mas, se é assim, porque um número tão menor de relatos de alucinações olfativas? Há duas possibilidades, segundo os pesquisadores. Uma delas é que, devido à área do cérebro responsável pelos estímulos olfativos ter tamanho muito diminuto em comparação aos visuais, essas alucinações seriam, de fato, menos comuns.

Por outro lado, é muito mais fácil perceber uma visão turva ou em ziguezague como sinal de que há algo errado do que identificar um cheiro, que não tem uma manifestação concreta. Por isso, muitas pessoas podem sofrer de alucinações olfativas e não associá-las às crises.
De qualquer maneira, na dúvida, comece a prestar atenção no seu olfato. Onde há fumaça, muitas vezes, pode haver fogo.

Link: http://saipralaenxaqueca.com.br/blog/934/

E VÍDEO: COMO O STRESS FAZ AS COISAS CHEIRAREM MAL? (em inglês) – https://www.youtube.com/watch?v=zfFT5TXznwo

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

 

INGESTÃO DE ERVA-MATE (Ilex paraguariensis) DIMINUI O LDL-COLESTEROL E OS MARCADORES INFLAMATÓRIOS E AUMENTA A PROTEÇÃO ANTIOXIDANTE EM INDIVÍDUOS NORMOLIPIDÊMICOS E DISLIPIDÊMICOS: EFEITO SINERGÍSTICO COM AS ESTATINAS

1454546_952468621490750_6020118765515644748_n.jpg

Esta pesquisa mostrou que:

1. A ingestão de erva-mate verde ou tostada por indivíduos dislipidêmicos, durante 20 e 40 dias, diminuiu a concentração sérica de colesterol total, LDLC, Não-HDL-C, relação LDL-C/HDL-C, apolipoproteína B-100 e a relação apo B/apo A-I e aumentou a concentração de HDL-C após 20 dias, porém não
alterou expressivamente os valores de triglicerídeos;
2.
A ingestão de erva-mate verde ou tostada por indivíduos normolipidêmicos, durante 20 e 40 dias, promoveu diminuição significativa na concentração sérica de LDL-C e na relação LDL-C/HDL-C. Porém, não houve variação expressiva nos valores de colesterol total, HDL-C, Não-HDL-C, triglicerídeos,
apolipoproteína B-100 ou na relação apo B/apo A-I;

3. A erva-mate tostada apresentou efeito sinergístico com as estatinas na redução da concentração sérica de LDL-C e na relação LDL-C/HDL-C, bem como na elevação dos valores de HDL-C; O consumo de infusão de erva-mate verde ou tostada aumentou a capacidade antioxidante do soro após 20 dias e a concentração da glutationa reduzida sanguínea após 40 dias nos indivíduos normolipidêmicos e dislipidêmicos. Além disso, elevou a atividade da enzima antioxidante paroxonase-1 em cerca de 50% dos participantes;

4. A ingestão de infusão de erva-mate verde ou tostada diminuiu a concentração plasmática de lipídeos oxidados (hidroperóxidos lipídicos) nos indivíduos dislipidêmicos após 20 dias de consumo, mas não promoveu modificação significativa na concentração das proteínas carboniladas (oxidadas) no plasma dos indivíduos normolipidêmicos ou dislipidêmicos;

5. A ingestão de erva-mate verde ou tostada reduziu a concentração de fibrinogênio no plasma dos indivíduos normolipidêmicos e dislipidêmicos, após 20 dias de consumo, porém não modificou a concentração sérica da PCR-us;

6. A ingestão da infusão de erva-mate concomitante ao uso das estatinas não modificou de forma significativa as concentrações dos marcadores do estresse oxidativo ou inflamatórios;

7. A erva-mate verde ou tostada foi capaz de reduzir significativamente a pressão arterial sistólica (~3 mmHg) dos participantes após 40 dias de consumo;

8. Somente os indivíduos dislipidêmicos sem uso de estatina apresentaram redução significativa do peso corporal (~0,7 kg) após 40 dias de consumo de erva-mate tostada;

9. O consumo das infusões de erva-mate por 20 e 40 dias não provocou alterações significativas, ou clinicamente relevantes, na atividade das enzimas hepáticas, na concentração sérica da creatinina, uréia e glicose ou
nos parâmetros hematológicos.

Quer ler o artigo desta pesquisa na íntegra, está neste link:

https://www.premiopemberton.com.br/docs/1edicao-3lugar.pdf

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

 

PROBIÓTICOS O GÊNERO Bifidobacterium: DOMINÂNCIA À FAVOR DA VIDA

12510450_953357614735184_6183883983032367906_n.jpgAntes de 1960, as espécies de Bifidobacterium foram referidos coletivamente como “Lactobacillus bifidus”.
Bifidobacterium é um gênero de bactéria anaeróbica, Gram-positivo, imóveis. São microrganismos dominantes
presentes na microbiota intestinal humana (estas residem no cólon) e outros sítios como: vagina e cavidade bucal de
mamíferos e de outros animais. Estes microrganismos estão associados a uma menor incidência de alergias e também
com a prevenção do crescimento de algumas formas de tumor. Algumas possuem utilização como um probiótico
promovendo benefícios à saúde humana.

Conheça mais sobre seu potencial de uso e sua importância na saúde humana (artigo em português):

http://periodicos.unifap.br/index.php/cienciaequatorial/article/download/561/v1n2FlavioB.pdf

*** CURIOSIDADES (textos abaixo em francês):

Les bactéries intestinales régulent les taux de l’hormone de l’humeur
http://e-sante.futura-sciences.com/bacteries-taux-hormone-humeur.html

Les psychobiotiques font référence à des probiotiques utilisés pour soigner les problèmes d’ordre psychologique ou psychiatrique comme la dépression.
http://www.futura-sciences.com/magazines/sante/infos/dico/d/medecine-psychobiotique-14262/

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

ÓLEO DE CANELA AUMENTA EFICÁCIA DO ANTIBIÓTICO CLINDAMICINA SEGUNDO ESTUDO

12507247_957388500998762_2368978848227451468_n.jpg

A clostridium difficile é uma bactéria que está naturalmente presente na flora intestinal de cerca de 3% dos adultos e 66% das crianças.

Esta bactéria não causa problemas a pessoas saudáveis, contudo, alguns antibióticos utilizados para tratar outros problemas de saúde podem interferir com o equilíbrio das “bactérias boas” da flora intestinal. Quando isto acontece, aclostridium difficile pode multiplicar-se e causar sintomas como diarreias e febre.

Como estas infecções são geralmente causadas por antibióticos, a maioria dos casos ocorre num ambiente de cuidados de saúde, no hospital, por exemplo.

Os sintomas da infecção incluem diarreia ligeira a severa, fezes com sangue, febre e cãibras no estômago. Estes sintomas são normalmente causados por colites (inflamação do revestimento do intestino grosso). Em casos raros, esta bactéria pode causar uma infecção no revestimento das paredes do abdómen (peritonite), septicemia e perfuração do cólon.

Por conseguinte, tem havido um interesse crescente na utilização de inibidores de resistência a antibióticos para uso em terapia de combinação.

Antibióticos como a clindamicina, perturbam a flora intestinal e falham na inibição do crescimento de outros microrganismos, podendo permitir a proliferação do Clostridium difficile e a elaboração de exotoxina.

O óleo essencial das cascas da canela do Ceilão (Cinnamomum zeylanicum = verum) reforçou a atividade bactericida da clindamicina e diminuiu a concentração inibitória mínima da clindamicina necessária para uma estirpe toxigénica do C. difficile.

Isso mostra uma sinergia do óleo essencial de canela com o antibiótico clindamicina com o aumento de sua eficácia antibiótica. Mais estudos são necessários para o aproveitamento desta descoberta no tratamento da saúde humana.

Autor:Fabian LaszloCientista aromatólogo

Referência: Shahverdi AR et al. Trans-cinnamaldehyde from Cinnamomum zeylanicum bark essential oil reduces the clindamycin resistance of Clostridium difficile in vitro. J Food Sci. 2007 Jan;72(1):S055-8.

Este óleo essencial você encontra aqui

Obs.: A Pria não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

so_pria

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

 

INVESTIGAÇÃO DO POTENCIAL DE PRODUTOS NATURAIS COMO AGENTES TERAPÊUTICOS NOS TRANSTORNOS COMPORTAMENTAIS

Limoneno é um monoterpeno presente em muitos óleos essenciais, principalmente em plantas do gênero Citrus,a exemplo da laranja. Recentes estudos demonstraram a atividade ansiolítica do óleo essencial de Citrusaurantium. (+)-Limoneno é o componente majoritário deste óleo, contudo, não há estudos relatando suacontribuição na atividade ansiolítica. No presente estudo, foi demonstrado que (+)-limoneno e seu enantiômero,(-)-limoneno, apresentam efeito ansiolítico nos modelos experimentais de Campo Aberto e Labirinto em CruzElevado (LCE). No LCE a atividade ansiolítica foi mostrada pelas vias intraperitoneal e inalatória, confirmando acontribuição de (-)-limoneno na atividade ansiolítica de Citrus aurantium. Na investigação de mecanismo deação, demonstrou-se que este monoterpeno não exerce seu efeito farmacológico via receptores GABAA.Link do artigo:http://www.fapitec.se.gov.br/sites/default/files/documentos/joao%20daltro/resumo_expandido_damiao.pdf

**********************************************************

Esta pesquisa foi elaborada com a participação do cientista brasileiro Damião Pergentino de Sousa que estará palestrando no II Congresso Internacional de Aromatologia com a palestra: Aspectos químicos e farmacológicos da biotividade dos óleos essenciais.

Texto por Fabian Laszlo

SAIBA MAIS: http://www.congressoaromatologia.com.br/#!Dr-Damião-Pergentino/c37g/ignp6zau233

II CONGRESSO INTERNACIONAL DE AROMATOLOGIA – 18,19 e 20 de março, 2016 (presencial e online)www.congressoaromatologia.com.br

Obs.: A Laszlo não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

so_pria

Sua Saúde Natural!www.pria.com.br