ÓLEO DE CANELA AUMENTA EFICÁCIA DO ANTIBIÓTICO CLINDAMICINA SEGUNDO ESTUDO

12507247_957388500998762_2368978848227451468_n.jpg

A clostridium difficile é uma bactéria que está naturalmente presente na flora intestinal de cerca de 3% dos adultos e 66% das crianças.

Esta bactéria não causa problemas a pessoas saudáveis, contudo, alguns antibióticos utilizados para tratar outros problemas de saúde podem interferir com o equilíbrio das “bactérias boas” da flora intestinal. Quando isto acontece, aclostridium difficile pode multiplicar-se e causar sintomas como diarreias e febre.

Como estas infecções são geralmente causadas por antibióticos, a maioria dos casos ocorre num ambiente de cuidados de saúde, no hospital, por exemplo.

Os sintomas da infecção incluem diarreia ligeira a severa, fezes com sangue, febre e cãibras no estômago. Estes sintomas são normalmente causados por colites (inflamação do revestimento do intestino grosso). Em casos raros, esta bactéria pode causar uma infecção no revestimento das paredes do abdómen (peritonite), septicemia e perfuração do cólon.

Por conseguinte, tem havido um interesse crescente na utilização de inibidores de resistência a antibióticos para uso em terapia de combinação.

Antibióticos como a clindamicina, perturbam a flora intestinal e falham na inibição do crescimento de outros microrganismos, podendo permitir a proliferação do Clostridium difficile e a elaboração de exotoxina.

O óleo essencial das cascas da canela do Ceilão (Cinnamomum zeylanicum = verum) reforçou a atividade bactericida da clindamicina e diminuiu a concentração inibitória mínima da clindamicina necessária para uma estirpe toxigénica do C. difficile.

Isso mostra uma sinergia do óleo essencial de canela com o antibiótico clindamicina com o aumento de sua eficácia antibiótica. Mais estudos são necessários para o aproveitamento desta descoberta no tratamento da saúde humana.

Autor:Fabian LaszloCientista aromatólogo

Referência: Shahverdi AR et al. Trans-cinnamaldehyde from Cinnamomum zeylanicum bark essential oil reduces the clindamycin resistance of Clostridium difficile in vitro. J Food Sci. 2007 Jan;72(1):S055-8.

Este óleo essencial você encontra aqui

Obs.: A Pria não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

so_pria

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

 

Anúncios

ÓLEOS ESSENCIAIS PODEM AUMENTAR HORMÔNIO DE CRESCIMENTO INSULÍNICO (IGF-1)

10922345_766420833428864_3352688299968863858_o

Interessantíssimo estudo que demonstrou que a suplementação com timol do óleo essencial de de tomilho e cinamaldeído do óleo essencial da canela em porcos aumentou os níveis do hormônio IGF-1 (insulin Growth factor 1)

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25049525

Para entender a importância que este estudo possui, uma vez que existe a possibilidade de tais componentes de óleos essenciais terem o mesmo efeito em seres humanos (carece de estudos clínicos ainda) via inalação, ingestão ou massagem, leia a seguir:

IgF 1 (SOMATOMEDINA C)

O hormônio do crescimento ou GH ou somatotropina é um hormônio que desempenha importantes funções no organismo. São usados suplementos para estimular a produção desse hormônio, que podem ter como base alguns aminoácidos, como arginina ou fatores de crescimento (IGF-1).
Alguns aminoácidos, principalmente a L-arginina, induzem a uma maior liberação de GH através da inibição da somatostatina – hormônio que diminui a liberação do GH. Acredita-se que os aminoácidos também podem aumentar a sensibilidade das células liberadoras de hormônios, resultando numa maior liberação de GH. O IGF-1 sublingual aumenta a concentração de fatores do crescimento semelhante à insulina do tipo 1, que são as moléculas diretamente envolvidas com a ação do GH nas células.
O hormônio do crescimento é responsável pelo aumento na síntese protéica, aumento da entrada de aminoácidos nas células, diminuição do uso da glicose e aumento do uso da gordura como energia. Assim, o GH pode auxiliar na melhora da composição corporal, pelo aumento da massa magra e diminuição do tecido adiposo.
O GH é produzido pela hipófise. Ao contrário de outros hormônios produzidos pela hipófise que costumam regular o funcionamento de glândulas, como as suprarrenais, os testículos e os ovários, o hormônio do crescimento age no organismo como um todo, promovendo não só o crescimento longitudinal, mas o das células em geral. Faz isso valendo-se de um intermediário, chamado somatomedina C ou IGF-1, produzido principalmente no fígado, mas também pelas células ósseas e musculares, por exemplo. Essa dupla GH e IGF –1 promove grande parte do anabolismo do corpo, ou seja, é fundamental para o crescimento e desenvolvimento de todos os tecidos.

Finalidade
Aumento da liberação natural de GH;
Ganho de massa magra;
Ganhos de força;
Formulação com argina e ornitina;
Promove maior definição muscular;
IGF-1 é 10x mais potente que o HCG;
IGF-1 aumenta o crescimento capilar;
Interfere positivamente no controle do diabetes.

Indicações:
De acordo com pesquisadores, IgF-1 aumenta a massa corporal magra, reduz a gordura, forma ossos, desenvolve músculos e nervos. A ingestão diária de igF-1 não depende da glândula pituitária que pode ficar desgastada pelo processo de envelhecimento. Alguns pesquisadores demonstram, em termos de efeitos imediatos, o IGF-1 é ainda mais potente que o hormônio de crescimento.

Artigos científicos:
Estudo: fator de crescimento pode influenciar Alzheimer em homens Um novo estudo indica que baixos níveis do fator de crescimento IGF-1 e da proteína IGFBP-3 estão associados ao mal de Alzheimer em homens – mas não em mulheres. A pesquisa foi divulgada no Journal of Clinical.
Um novo estudo indica que baixos níveis do fator de crescimento IGF-1 e da proteína IGFBP-3 estão associados ao mal de Alzheimer em homens – mas não em mulheres. A pesquisa foi divulgada no Journal of Clinical.
Endocrinology & Metabolism (JCEM).
As duas substâncias estão envolvidas na longevidade e podem ser benéficas para a cognição. Atualmente, não existe tratamento curativo para a doença de Alzheimer, então focar em fatores modificáveis associados é algo importante. A pesquisa indica uma possível utilidade do IGF-1 no tratamento da doença, especialmente em estágios iniciais.
Os pesquisadores estudaram os níveis das duas substâncias em 694 idosos de etnias diversas (sendo 218 homens e 476 mulheres). Desses, 481 foram diagnosticados com Alzheimer ou comprometimento cognitivo leve. Eles chegaram à conclusão que os níveis de IGF-1 e IGFBP-3 estão relacionados à doença apenas em homens.

Este artigo a seguir é bem complementar e muito válido para ser lido também: http://hghigf1.blogspot.com.br/

Óleos essenciais de qualidade você encontra na

so_pria
Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

CONHEÇA TUDO SOBRE A CANELA

10494702_743090285761919_7281291532984615626_n

Livro gratuito: http://fars.itvhe.ac.ir/_fars/Documents/0d45840c-d3f5-45ae-829b-1065ec33a466.pdf

A canela é uma das especiarias mais velhas do mundo. A árvore é nativa do Sri Lanka onde foi achada há milhares de anos. É a melhor especiaria disponível em termos de sua nutrição e saúde. Contém propriedade curativa que vem dos componentes ativos nos óleos essenciais achados no seu córtex.

A canela tem atividade antioxidante extremamente alta devido a qual tem subsídios por doenças numerosas. Independentemente de ser utilizada como medicina por outras culturas desde épocas antigas, os subsídios por doença podem também ser ingerida como veremos a seguir:

Diminui o colesterol:
Os estudos mostraram que meia porção de canela incluída em uma dieta diária pode diminuir o colesterol e as triglicérides.

Reduz níveis de açúcar no sangue e auxilia no tratamento da diabetes tipo 2:
Vários estudos mostraram sensibilidade da insulina e controle melhorados da glicose no sangue são por causa da ingestão de meia canela por dia.

Doença cardíaca:
A canela consolida o sistema cardiovascular de tal modo que blinda o corpo de desordens relacionadas ao coração. Acha-se que o cálcio e a fibra presentes em canela proporcionam a proteção contra doenças cardíacas.
Incluindo um pouco canela na comida ajuda aos que sofrem de doença da artéria coronária e da pressão arterial alta.
Além disso, a combinação de cálcio e de fibra presentes na canela pode ajudar a não utilizar a bílis, que previne dano às células, assim previne o câncer de cólon.

Cáries:
A canela se utilizou tradicionalmente para tratar dor de molares e para agir contra a má respiração. Os pequenos pedaços de canela se pode mastigar, ou gargarejar com água da canela que serve como bom inibidor de mau hálito.

Problemas respiratórios:
O canela é remédio caseiro muito útil para os frios comuns ou severos. Quando em mau estado respiratório a pessoa deve tomar uma colher de sopa de mel com 1/4 pó da canela por 3 dias. Este processo curará a tosse mais crônica e os sintomas.
Canela também pode ajudar a curar a gripe.

Tônico do cérebro:
A canela impulsiona a atividade do cérebro e, portanto atua como bom tônico do cérebro. Ajuda na eliminação de perda nervosa da tensão.
Também, os estudos mostraram que cheirar canela pode impulsionar a função cognoscitiva da memória, o funcionamento de certas tarefas e aumenta a vigilância e concentração.

Infecções:
Devido a suas propriedades antibacterianas, antivírus, anti parasitas e anticépticas, é eficaz em infecções externas e internas. A canela pode ser eficaz contra a candidíase, úlceras estomacais e principalmente piolhos.

Facilita ciclos da menstruação:
A canela também é útil para a saúde das mulheres enquanto que ajuda no abastecimento de alívio de remover o obstáculo menstrual e de outros mal-estares femininos.

Amamentação:
Também pode ajudar na secreção de leite materno.

Reduz dor das artrites:
A especiaria da canela contém os compostos antiinflamatórios que podem ser úteis na redução da dor e da inflamação associados a artrites.

Tônico digestivo:
A canela deve ser acrescentada na maioria das receitas. À parte da adição de sabor à comida, ela também ajuda na digestão. A canela é muito eficaz para a indigestão, a náusea, vômitos, o mal-estar estomacal, a diarreia e a flatulência. É muito útil na eliminação do gás do estômago e dos intestinos. Também tira acidez, diarreia e náuseas matinais. Refere-se como tônico digestivo.

Óleo de canela puro você acha na

PRIA
Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br