ÓLEO DE LARANJA REDUZ ANSIEDADE DURANTE TRABALHO DE PARTO

12523000_963733897030889_5466634975857492368_n

O trabalho de parto é um momento extremamente estressante para a mulher e meios naturais que possam reduzir a ansiedade são muito positivos neste momento. E um estudo recentemente publicado numa revista de enfermagem do Irã, mostrou que o óleo essencial de laranja pode ser muito útil neste momento.

Durante a pesquisa clínica que envolveu 100 mulheres, dois grupos foram separados, aquele que utilizou via difusor ambiental o óleo de laranja e o grupo controle que utilizou apenas água destilada. Apesar de ambos os grupos terem uma redução psicológica da ansiedade após a intervenção, a redução da ansiedade foi maior no grupo que utilizou o óleo de laranja.

O estudo concluiu considerando que o óleo de laranja é uma opção barata, segura e agradável ao uso por mulheres durante o trabalho de parto, através de difusores de ambiente, para o alívio da ensiedade.

Fábián László
Cientista aromatólogo

Referência: Rashidi-Fakari F, Tabatabaeichehr M, Mortazavi H. The effect of aromatherapy by essential oil of orange on anxiety during labor: A randomized clinical trial. Iran J Nurs Midwifery Res. 2015 Nov-Dec;20(6):661-4.

Leia mais sobre óleos essenciais durante o parto e gravidez, artigo de André Ferraz:
http://laszlo.ind.br/campanhas/OLEOS_ESSENCIAIS_NA_GESTAÇÃO_Andre_Ferraz.pdf

Óleo essencial de laranja você encontra na

 

so_pria

Sua Saúde Natural

!www.pria.com.br

Imagem (parto humanizado): http://womansplaining.com.br/parto-humanizado-e-o-servico-de-doulas-desmistificando/

ÓLEO DE ALCARÁVIA AUMENTA HORMÔNIO DA TIREÓIDE

12509327_956222641115348_2041983461893607159_n.jpg

A alcarávia (Carum carvi), chamada em inglês de caraway, possui um óleo obtido de suas sementes e rico no componente carvona, uma cetona de ação calmante e sedativa. É conhecido por ter propriedades digestivas e estrogênicas (muito parecidas com as do funcho). É usada no alívio de cólicas intestinais e menstruais por ser antiespasmódica.

Uma pesquisa de 2010 mostrou que o uso prolongado de extrato da alcarávia em altas doses, pode ocasionar hipertiroidismo com aumento do T3, T4 e diminuição do TSH. Os cientistas ainda não descobriram exatamente o mecanismo que causa este efeito, mas suspeita-se que o componente carvona, presente em alta concentração no óleo essencial, seja o responsável por este efeito. Desta forma, o óleo essencial de alcarávia mostra-se como tendo potencial terapêutico auxiliar no hipotireoidismo, mas é definitivamente contra-indicado em casos de hipertireoidismo, pois pode agravar o quadro. A dosagem correta para tratamento de distúrbios da tireóide não é conhecida ainda, mas é possível que algum efeito positivo se tenha com inalações e outras formas de uso. Futuras pesquisas são necessárias neste sentido.

Vale ressaltar que o óleo de alcarávia não substitui o hormônio da tireóide em quem faz reposição hormonal. Se você tem algum problema de saúde, oriente-se com seu médico.

Autor:Fabian LaszloCientista aromatólogo

Referência:Dehghani, F. et al. Effect of hydroalcoholic extract of caraway on thyroid gland structure and hormones in female rat. Iranian Journal of Veterinary Research, Shiraz University, Vol. 11, No. 4, Ser. No. 33, 2010

Outro artigo relevante: TIREOIDE E ÓLEOS ESSENCIAIShttps://www.facebook.com/laszlobrasil/photos/a.209468372457449.46847.208799552524331/604235052980777/?type=1&theater

Este óleo essencial você encontra na

so_pria

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

 

ÓLEO DE CANELA AUMENTA EFICÁCIA DO ANTIBIÓTICO CLINDAMICINA SEGUNDO ESTUDO

12507247_957388500998762_2368978848227451468_n.jpg

A clostridium difficile é uma bactéria que está naturalmente presente na flora intestinal de cerca de 3% dos adultos e 66% das crianças.

Esta bactéria não causa problemas a pessoas saudáveis, contudo, alguns antibióticos utilizados para tratar outros problemas de saúde podem interferir com o equilíbrio das “bactérias boas” da flora intestinal. Quando isto acontece, aclostridium difficile pode multiplicar-se e causar sintomas como diarreias e febre.

Como estas infecções são geralmente causadas por antibióticos, a maioria dos casos ocorre num ambiente de cuidados de saúde, no hospital, por exemplo.

Os sintomas da infecção incluem diarreia ligeira a severa, fezes com sangue, febre e cãibras no estômago. Estes sintomas são normalmente causados por colites (inflamação do revestimento do intestino grosso). Em casos raros, esta bactéria pode causar uma infecção no revestimento das paredes do abdómen (peritonite), septicemia e perfuração do cólon.

Por conseguinte, tem havido um interesse crescente na utilização de inibidores de resistência a antibióticos para uso em terapia de combinação.

Antibióticos como a clindamicina, perturbam a flora intestinal e falham na inibição do crescimento de outros microrganismos, podendo permitir a proliferação do Clostridium difficile e a elaboração de exotoxina.

O óleo essencial das cascas da canela do Ceilão (Cinnamomum zeylanicum = verum) reforçou a atividade bactericida da clindamicina e diminuiu a concentração inibitória mínima da clindamicina necessária para uma estirpe toxigénica do C. difficile.

Isso mostra uma sinergia do óleo essencial de canela com o antibiótico clindamicina com o aumento de sua eficácia antibiótica. Mais estudos são necessários para o aproveitamento desta descoberta no tratamento da saúde humana.

Autor:Fabian LaszloCientista aromatólogo

Referência: Shahverdi AR et al. Trans-cinnamaldehyde from Cinnamomum zeylanicum bark essential oil reduces the clindamycin resistance of Clostridium difficile in vitro. J Food Sci. 2007 Jan;72(1):S055-8.

Este óleo essencial você encontra aqui

Obs.: A Pria não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

so_pria

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

 

SINERGIAS DOS CHAKRAS LASZLO

O conhecimento a cerca dos chakras vem da Índia de um período datado de mais de 10.000 anos atrás. Naquela época era utilizado este conhecimento com a intenção de tratar doenças e através de exercícios de yoga, alcançar a evolução espiritual. Chakras são centros de energia eletromagnética presentes em nosso corpo. A palavra chakra vêm do sânscrito, antiga língua da Índia, e significa roda. Os chakras são formados a partir do contínuo fluxo de energia elétrica que flui pelos plexos nervosos e que estimula as fibras de colágeno (fáscia) nestas áreas a gerar campos eletromagnéticos. As fibras de colágeno são compostas por cristais líquidos de proteínas com propriedades piezelétricas que respondem à eletricidade gerando eletromagnetismo. São de extrema importância para nossa saúde, pois estes campos eletromagnéticos influenciam positivamente no funcionamento de órgãos, glândulas e tecidos em sua proximidade, mantendo a nossa saúde. Quando saudáveis, estes campos pulsam frequências harmônicas. Quando em desequilíbrio, tendem a ocasionar mau funcionamento dos órgãos em sua proximidade e ocasionam doenças.Os chakras podem ser harmonizados e desbloqueados pelo uso de terapias energéticas como o reiki, acupuntura, radiestesia, cristais, massagem, musicaterapia, cromaterapia e aromaterapia.A Laszlo Aromaterapia traz neste kit uma combinação perfeita de óleos essenciais especialmente selecionados para estimular estas áreas do corpo a pulsarem sua energia de forma natural.

Estas sinergias você encontra aqui: Sinergias Chakras Laszlo

VEJA MAIORES INFORMAÇÕES: http://laszlo.ind.br/campanhas/chakras-folder-LASZLO.pdf

Você pode empregar os óleos de alguma das seguintes formas:

1. Pingue três gotas do óleo do chakra que você pretende equilibrar na palma de sua mão. Esfregue uma contra a outra. Depois coloque sua mão no corpo da pessoa na área onde se localiza o chakra a ser harmonizado. Energize com alguma técnica de imposição de mãos como reiki por cerca de 5 minutos. Esta técnica é para utilizar se você for precisar harmonizar somente um chakra.

2. Pingue sobre a região do chakra no corpo da pessoa uma ou duas gotas do óleo e com a ponta dos dedos massageie fazendo movimentos em sentido horário por cerca de 30 a 60 segundos. Limpe a ponta dos seus dedos com álcool ou um pano antes de passar para o chakra seguinte para não misturar os óleos e energias. Esta técnica pode ser empregada para harmonizar um ou todos os chakras em sequência. O tempo total se for fazer nos sete centros de energia será de no máximo 10 minutos.

3. Pingue algumas gotas sobre o local durante a massagem e massageie com a palma das mãos a região por algum tempo. Esta técnica também pode ser empregada para harmonizar um ou mais chakras desde que limpa a mão com um pano ou álcool antes de continuar a sequência para não misturar a energia e aroma de cada óleo. O tempo total pode variar de 10 a 35 minutos.

Você poderá utilizar este kit também para o auto-tratamento, fazendo em seu corpo como descrito anteriormente o uso dos óleos dos chakras.

No caso de tratamento de outras pessoas, esta prática poderá ser feita ao fim da terapia (massoterapia, reiki, acupuntura, etc). Podem ser utilizados os óleos na frente do corpo na área de localização dos chakras, ou atrás na mesma altura em que cada chakra se encontra.Não use nas áreas óleos de chakras diferentes. Isso poderá não trazer os efeitos esperados, contudo necessariamente não causará nenhum dano ao seu campo energético.Associe com outros aromas através de difusor no ambiente e música relaxante. Sob um bom estado de relaxamento os efeitos poderão ser melhores.Não há limite de tempo de uso, podendo ser empregado ao final de tratamentos energéticos sempre que presente algum desequilíbrio. A auto-harmonização dos chakras poderá ser feita diariamente ao longo de um mês uma vez ao dia para um bom resultado, ou de vez em quando se necessário.Não misture todos os óleos ou vários para aumentar efeitos. Isso não acontece e poderá anular a eficácia deles.Se ocorrer alguma reação alérgica lave a área com água ou passe um pano com água retirando o óleo. Estes óleos estão diluídos em óleo de girassol extra-virgem e babaçu com o objetivo de reduzir reações alérgicas. Não empregue em áreas sensíveis como as axilas e área genital, pois poderá ocasionar forte ardência. Se for fazer uso em crianças com menos de 3 anos, para cada gota dos óleos dos chakras, ponha mais uma de óleo de girassol ou algum outro óleo carreador para evitar riscos de ardência pois a pele de crianças pequenas é muito sensível.

Obs.: Este produto não tem nenhum objetivo de tratar ou curar doenças, portanto ele não substitui o aconselhamento e orientações do profissional médico ou terapêuta. Também não deverá ser empregado internamente. Em caso de ingestão tomar muita água.

VEJA MAIORES INFORMAÇÕES: http://laszlo.ind.br/campanhas/chakras-folder-LASZLO.pdf

Obs.: A Pria não comercializa medicamentos. As informações aqui presentes são meramente ilustrativas e advindas de fontes referenciadas. Em caso de doença, oriente-se com seu médico.

so_pria

Sua Saúde Natural!

www.pria.com.br

 

OS ÓLEOS VEGETAIS RICOS EM ÔMEGA 6 AFETAM A GLÂNDULA TIREÓIDE

Muitas vezes são ignorados os vários fatores na dieta moderna que deprimem a função tireoidiana e aumentam a nossa necessidade, não somente pela exposição do iodo frente aos halogênios como, o cloreto, o brometo e o flúor, mas também pelas deficiências em vitamina A, vitamina B 6, selênio e magnésio. A diminuição da exposição a halogenados e ingestão abundante destes nutrientes essenciais, provavelmente, reduzem as nossas necessidades de iodo.

Outro fator da dieta moderna que interfere com a função da tireóide é o consumo de ácidos graxos ômega-6 a partir de óleos vegetais comerciais. Segundo algumas estimativas, esses ácidos graxos ômega-6 contribuem com 20 por cento das calorias das dietas “civilizadas”. Como apontado por Stephen Guyenet em seu blog, os ácidos graxos ômega-6 podem suprimir a sinalização da tireóide. Ele cita estudos que mostram que o óleo de milho suprime a resposta do fígado ao T4 quando comparados com banha de porco, o óleo de cártamo suprime a resposta do fígado ao T3 quando comparado com o sebo de bovinos, e o ácido linoleico suprime a resposta de gordura marrom e do fígado para o T3. O fígado é um dos principais locais de produção de calor a partir dos hormônios da tireoide. De fato, na década de 1970 pesquisadores estavam analisando o ácido ômega-6 linoleico como um tratamento para hipertireoidismo.

Assim, é provável que aqueles que evitam os óleos vegetais comerciais e minimizam o consumo de ômega-6, enfatizando a ingestão de gorduras animais em alimentos como manteiga e óleo de fígado de bacalhau, teriam necessidades de iodo muito menores do que 1.000 mcg por dia, e seriam capazes para satisfazer as suas necessidades de iodo com uma dieta com alimentos integrais, especialmente aqueles que contêm frutos do mar.

Ricas fontes de ômega 6: óleo de girassol, soja, canola, algodão e milho

Fonte: Ácido linoléico Ômega-6 Suprime Sinalização da Tiroide, 19/12/2008 em: http://wholehealthsource.blogspot.com/2008/12/omega-6-linoleic-acid-suppresses.html 

Outros links:
http://www.umaoutravisao.com.br/secoes/Saúde/um_grande_debate_sobre_o_iodo.htm

www.omegasixthedevilsfat.com

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br
www.pria.com.br

ÓLEO DE NEROLI (FLOR DE LARANJEIRA) NORMALIZA SINTOMAS DO CLIMATÉRIO, AUMENTA DESEJO SEXUAL (LIBIDO), EQUILIBRA CORTISOL E NÍVEIS DE ESTROGÊNIO EM MULHERES NA MENOPAUSA E PÓS-MENOPAUSA

Um estudo publicado no ano passado demonstrou resultados positivos do uso do óleo de neroli (flor de laranjeira) no alívio dos sintomas da menopausa, estresse e normalização dos níveis de estrogênio e cortisol em mulheres na pós-menopausa.

63 mulheres com menos de 65 anos participaram da pesquisa inalando 0,1 ou 0,5% de óleo de neroli ou óleo de amêndoas apenas (no grupo controle) por 5 minutos duas vezes ao dia por 5 dias.

Comparado ao grupo controle e baseado em observações e medições feitas antes e depois dos 5 dias de inalação, os dois grupos que inalaram o óleo de neroli tiveram melhoras nos sintomas climatéricos da transição do fim da menopausa, aumento do desejo sexual ao parceiro, sua pressão sanguínea diastólica reduziu-se e houve melhora dos níveis e pulsos de liberação de cortisol e concentração de estrogênio.

A queda do estrogênio na menopausa e pós-menopausa possui correlação com as sensações de ondas de calor. Sua queda também impacta no aumento de risco do surgimento de osteoporose, dificuldades cognitivas e na memória, além de alterações na hidratação da pele, desejo sexual e pré-disposição a quadros depressivos.

O aumento do estrogênio com o óleo de neroli foi notado de forma significante apenas no grupo que inalou ele diluído a 0,5%, demonstrando que a quantidade e concentração do óleo impacta decisivamente no aumento do estrogênio. Baseado nisso, sugere-se que o uso do óleo puro e não diluído em difusores pessoais ou ambientais, ou diluído em concentrações mais elevadas (por exemplo 2-3%) em óleo de massagem para uso no pulso, pescoço, barriga ou antebraço, demonstre resultados mais efetivos e persistentes com o uso progressivo. O óleo base poderia ser a groselha negra, rico em AGL (ácido gama-linolênico) que atua de forma positiva regulando os níveis de estrogênio e sintomas da menopausa também, sendo uma associação sinérgica muito boa.

O estudo concluiu demonstrando que a inalação do óleo de neroli alivia os sintomas da menopausa, aumenta o desejo sexual (funcionando como afrodisíaco), e reduz a pressão alta em mulheres na pós-menopausa. O óleo de neroli possui o potencial de ser uma eficiente intervenção para reduzir o estresse e equilibrar o sistema endócrino. E em outros estudos mostrou possuir importantes efeitos sedativos, calmantes e capazes de melhorar sintomas de insônia e ansiedade, melhorando os níveis de seratonina o que o permite contribuir também na melhoria de quadros de depressão.

A Laszlo possui à venda o óleo de neroli em opções de puro, diluído a 10% (que poderia ser usado puro no pulso, pescoço, barriga ou antebraço – 3-5 gotas por vez) e o neroli blend que é uma mistura somente de óleos essenciais puros e naturais de flor de laranjeira, casca de laranja e folha de laranja (petitgrain), sendo uma alternativa mais em conta e muito aromática e funcional em concentração de princípios ativos.

O neroli pode ser empregado também como perfume diário, seja puro ou blend (1 gota), diluído a 10% (3-5 gotas) ou ainda na composição de perfumes (puro ou blend) na diluição de 10ml por litro de álcool + fixador (10-30ml). Desta forma também pode manifestar estes efeitos em usuárias, ficando a dica.

Receita de óleo de massagem para menopausa, tpm e outros distúrbios femininos:

Neroli blend (ou puro) 0,5%
Sálvia esclareia 1% (a mais potente é a com 3-4% de esclareol vendida como salvia esclareia 3/4 GT EUA)
Gerânio africano ou Bourbon 1%
Camomila romana 0,5%
Cenoura sementes 0,5% (opcional devido ao aroma – nem todos gostam)
Óleo carreador de groselha negra 30%
Óleo carreador de linhaça ou rosa mosqueta 20%
Óleo carreador de palmiste 47% (ou 46,5% se adicionar a cenoura sementes)

Pode com esta fórmula ser feita massagem em todo o corpo.
Se optar por uso local, a groselha negra pode ser a base carreadora integral na quantidade de 97% + 3% dos OE.
Todos estes OE possuem estudos validando sua ação hormonal no equilíbrio endócrino feminino.

Autor:
Fabian Laszlo

Referências:
Choi SY1, Kang P, Lee HS, Seol GH. Effects of Inhalation of Essential Oil of Citrus aurantium L. var. amara on Menopausal Symptoms, Stress, and Estrogen in Postmenopausal Women: A Randomized Controlled Trial. Evid Based Complement Alternat Med. 2014;2014:796518.
Leia o artigo na íntegra em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4082953/

Este óleo essencial está disponível à venda em

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br

ÓLEO DE NEROLI (FLOR DE LARANJEIRA) NORMALIZA SINTOMAS DO CLIMATÉRIO, AUMENTA DESEJO SEXUAL (LIBIDO), EQUILIBRA CORTISOL E NÍVEIS DE ESTROGÊNIO EM MULHERES NA MENOPAUSA E PÓS-MENOPAUSA

neroli

Um estudo publicado no ano passado demonstrou resultados positivos do uso do óleo de neroli (flor de laranjeira) no alívio dos sintomas da menopausa, estresse e normalização dos níveis de estrogênio e cortisol em mulheres na pós-menopausa.

63 mulheres com menos de 65 anos participaram da pesquisa inalando 0,1 ou 0,5% de óleo de neroli ou óleo de amêndoas apenas (no grupo controle) por 5 minutos duas vezes ao dia por 5 dias.

Comparado ao grupo controle e baseado em observações e medições feitas antes e depois dos 5 dias de inalação, os dois grupos que inalaram o óleo de neroli tiveram melhoras nos sintomas climatéricos da transição do fim da menopausa, aumento do desejo sexual ao parceiro, sua pressão sanguínea diastólica reduziu-se e houve melhora dos níveis e pulsos de liberação de cortisol e concentração de estrogênio.

A queda do estrogênio na menopausa e pós-menopausa possui correlação com as sensações de ondas de calor. Sua queda também impacta no aumento de risco do surgimento de osteoporose, dificuldades cognitivas e na memória, além de alterações na hidratação da pele, desejo sexual e pré-disposição a quadros depressivos.

O aumento do estrogênio com o óleo de neroli foi notado de forma significante apenas no grupo que inalou ele diluído a 0,5%, demonstrando que a quantidade e concentração do óleo impacta decisivamente no aumento do estrogênio. Baseado nisso, sugere-se que o uso do óleo puro e não diluído em difusores pessoais ou ambientais, ou diluído em concentrações mais elevadas (por exemplo 2-3%) em óleo de massagem para uso no pulso, pescoço, barriga ou antebraço, demonstre resultados mais efetivos e persistentes com o uso progressivo. O óleo base poderia ser a groselha negra, rico em AGL (ácido gama-linolênico) que atua de forma positiva regulando os níveis de estrogênio e sintomas da menopausa também, sendo uma associação sinérgica muito boa.

O estudo concluiu demonstrando que a inalação do óleo de neroli alivia os sintomas da menopausa, aumenta o desejo sexual (funcionando como afrodisíaco), e reduz a pressão alta em mulheres na pós-menopausa. O óleo de neroli possui o potencial de ser uma eficiente intervenção para reduzir o estresse e equilibrar o sistema endócrino. E em outros estudos mostrou possuir importantes efeitos sedativos, calmantes e capazes de melhorar sintomas de insônia e ansiedade, melhorando os níveis de seratonina o que o permite contribuir também na melhoria de quadros de depressão.

A Laszlo possui à venda o óleo de neroli em opções de puro, diluído a 10% (que poderia ser usado puro no pulso, pescoço, barriga ou antebraço – 3-5 gotas por vez) e o neroli blend que é uma mistura somente de óleos essenciais puros e naturais de flor de laranjeira, casca de laranja e folha de laranja (petitgrain), sendo uma alternativa mais em conta e muito aromática e funcional em concentração de princípios ativos.

O neroli pode ser empregado também como perfume diário, seja puro ou blend (1 gota), diluído a 10% (3-5 gotas) ou ainda na composição de perfumes (puro ou blend) na diluição de 10ml por litro de álcool + fixador (10-30ml). Desta forma também pode manifestar estes efeitos em usuárias, ficando a dica.

Receita de óleo de massagem para menopausa, tpm e outros distúrbios femininos:

Neroli blend (ou puro) 0,5%
Sálvia esclareia 1% (a mais potente é a com 3-4% de esclareol vendida como salvia esclareia 3/4 GT EUA)
Gerânio africano ou Bourbon 1%
Camomila romana 0,5%
Cenoura sementes 0,5% (opcional devido ao aroma – nem todos gostam)
Óleo carreador de groselha negra 30%
Óleo carreador de linhaça ou rosa mosqueta 20%
Óleo carreador de palmiste 47% (ou 46,5% se adicionar a cenoura sementes)

Pode com esta fórmula ser feita massagem em todo o corpo.
Se optar por uso local, a groselha negra pode ser a base carreadora integral na quantidade de 97% + 3% dos OE.
Todos estes OE possuem estudos validando sua ação hormonal no equilíbrio endócrino feminino.

Autor:
Fabian Laszlo

Referências:
Choi SY1, Kang P, Lee HS, Seol GH. Effects of Inhalation of Essential Oil of Citrus aurantium L. var. amara on Menopausal Symptoms, Stress, and Estrogen in Postmenopausal Women: A Randomized Controlled Trial. Evid Based Complement Alternat Med. 2014;2014:796518.
Leia o artigo na íntegra em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4082953/

Este óleo essencial está disponível à venda em

so_pria

Sua Saúde Natural!
www.pria.com.br