Pólen de Abelha Combate o Envelhecimento e Ajuda a Recuperar Energias

alergia-polen

O alimento das abelhas tem proteínas e vitaminas que aumentam a nossa energia. É o chamado pólen apícola.

Edésio Santos é professor de educação física. Ele corre o tempo todo e, nas horas de folga, pratica exercício. De onde vem tanta energia? “Há 15 anos, eu acordo de manhã e a primeira coisa que eu faço é comer o meu pólen”, revela.

Ainda em jejum, Edésio come uma colher de pólen puro, um poderoso suplemento alimentar. “Antes de tomar o pólen, parecia que as coisas eram mais pesadas. Eu até desempenhava bem os meus papeis, só que fazia como se fosse um fardo. Hoje, eu faço muito mais coisas do que eu fazia e as coisas são mais leves”, afirma o professor.

Mas que alimento é esse? É comida de abelha e se chama pólen apícola. “O pólen é a principal fonte proteica da abelha. O néctar é a fonte de carboidratos, o pólen é a fonte de proteínas, minerais e lipídeos. Sem ele, o enxame não se desenvolve. Em poucos dias, três, quatro dias, ele pode definhar e morrer”, explica Lídia Barreto, do Centro de Estudos Apícolas da UNITAU.

Depois de pousar de flor em flor e retirar o pólen, as abelhas voltam para a colmeia carregadas. Cada bolota, como dizem os especialistas, ou bolinha amarela presa à pata é o mais puro pólen.

A cada voo que uma abelha faz, ela volta à colmeia com duas bolotas de pólen. E elas são incansáveis, chegam a fazer 80 voos por dia. Quer dizer que cada abelha produz 160 bolotas de pólen.

Para coletar o pólen, os apicultores usam uma espécie de tela na entrada da colmeia. Os furos são tão estreitos que, para passar, as abelhas são obrigadas a derrubar os grãozinhos do lado de fora.

Mas nem todo pólen é coletado. Como a tela também tem furos maiores, dois terços da comida extraída das flores vão para dentro da colméia e se transformam no pão das abelhas. O pólen é mais uma evidência de que o que é bom para as abelhas, é excelente para a gente também.

O pólen no nosso meio é conhecido como bifinho verde. E ele tem uma composição físico-química básica de proteínas similar a um bife, em torno de 20%. Ele tem lipídeos. Esse lipídeo é um lipídeo muito bom com propriedades antioxidantes. É uma gordura, mas uma gordura boa”, destaca Lídia Barreto, coordenadora do Centro de Estudos Apícolas da UNITAU.

E ele desperta cada vez mais a curiosidade dos pesquisadores. Em um laboratório da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, as pesquisas com pólen mostraram que ele pode ajudar a combater as doenças do envelhecimento.

Comprovamos, na verdade, que ele tem as três vitaminas antioxidantes, beta caroteno como a pró-vitamina A, a vitamina C e a vitamina E, que são as três antioxidantes”, afirma a farmacêutica bioquímica Lígia Muradian, da USP.

O pólen também é rico em vitaminas do complexo B, que ajudam, por exemplo, no funcionamento do sistema nervoso central, na prevenção e tratamento de cataratas. O grãozinho surpreende.

Para se ter ideia, as quantidades que foram encontradas de vitamina B1 podem ser associadas às quantidades que se encontra dessa vitamina nas carnes de porco, por exemplo. As quantidades de vitamina B2 que nós encontramos eram superiores às quantidades que se encontra no leite”, explica a química Vanilda Soares de Arruda.

Acredito que ele deve ser encarado como alimento, um alimento que tem efeito preventivo contra algumas doenças”, ressalta a nutricionista Ilana Pereira de Melo.

A repórter Mônica Teixeira experimenta o pólen na cozinha do laboratório da USP e aprova. “Tem um gosto como se eu tivesse comendo um cereal matinal. É bem crocante. Não parece com mel, mas dá para comer puro sem o menor problema”, comenta.

A recomendação é ingerir 5 gramas por dia, o equivalente a uma colher de sopa, mas ele não precisa ser puro. O pólen está sendo testado como ingrediente na culinária. E já existem maneiras bem mais saborosas de garantir a dose diária desse alimento.

Na Universidade de Taubaté, a cozinha é um laboratório, onde o sabor do pólen é posto à prova: no molho da salada, na salada de fruta, no patê, bolos, biscoitos de pólen e até trufas e bombons.

Receitinhas de mel aromático para o inverno

Imagem

Nada melhor que combinar as propriedades terapêuticas do mel com os óleos essenciais. Utilizamos em média 5-10 gotas de óleo essencial para cada 100g de mel. Lembre-se sempre de misturar bem antes do uso, pois se parado por muito tempo, o óleo essencial tende a se desprender do mel subindo para a superfície. Algumas sugestões:

Delicioso mel de mandarina com capim limão
100g de mel + 5 gotas de OE mandarina + 2 gotas OE gengibre CO2 + 3 gotas OE capim limão

Mel antigripal de ravensara, louro e própolis
100g de mel + 5 gotas OE ravensara aromática + 5 gotas de OE louro + 20 gotas de própolis

Mel aquecedor de canela, gengibre, cravo e noz moscada (quentão)
100 g de mel + 4 gotas de OE canela cascas + 2 gotas OE gengibre CO2 + 1 gota OE cravo botões + 2 gotas de OE noz moscada GT Indonésia

Mel expectorante de hortelã e eucalipto
100g de mel + 5 gotas OE hortelã pimenta + 5 gotas OE Eucalipto globulus ou radiata

Mel afrodisíaco para o inverno
100g de mel + 4 gotas de canela cascas + 5 gotas OE cacau ABS + 1 gota funghi porcini ABS ou vetiver + 1 gota Noz moscada GT Indonésia + 1 gota OE gengibre CO2

Mel afrodisíaco de rosas
100g de mel + 5 gotas OE palmarosa + 2 gotas gerânio Bourbon + 2 gotas OE Rosa de damasco (se for a diluída a 10% use de 10-20 gotas)

Mel cítrico perfumado e digestivo
100g de mel + 4 gotas OE petigrain mandarina + 3 gotas OE limão siciliano + 2 gotas OE laranja dark

SUPER DICA: Prepare seu chá normalmente com as ervas de seu gosto e adicione 1 colher de chá/sopa de mel aromático. O perfume é magnífico! E você pode se tratar ou ainda servir um delicioso chá a amigos.

Todos estes óleos essenciais você encontra com a qualidade Laszlo na Pria: www.pria.com.br

MELANCIA COMBATE DIFICULDADES DE EREÇÃO

Imagem

Com efeito semelhante ao Viagra; a fruta também aumenta a libido

Os poderes afrodisíacos da pimenta e das ostras para aumentar a vida sexual já são bastante conhecidos. Mas ninguém nunca desconfiou que a melancia também pudesse esquentar a vida sexual dos casais.

Investigando a fruta, pesquisadores do Centro de Aprimoramento de Frutas e Vegetais da Universidade A&M do Texas (estados Unidos), descobriram que ela é rica num fitonutriente reconhecido como vasodilator: a citrulina. A substância é convertida em arginina, precursora na formação do óxido nítrico no interior dos vasos sanguíneos. O óxido nítrico, por sua vez, leva à vasodilatação e ao relaxamento vascular (não á toa, ele é dos componentes do Viagra).

A mesma lógica também elege a fruta como eficaz no combate aos problemas cardiovasculares, à medida que ela aumenta o fluxo sangüíneo. Mas os efeitos libidinosos do consumo podem não ser notados por todo mundo. Não podemos afirmar que toda a citrulina será convertida em arginina, nem que toda arginina será usada pelo organismo na produção de óxido nítrico , esclarece a nutricionista funcional Daniela Jobst. Cada metabolismo reage de acordo com as necessidades do indivíduo .

A citrulina, no entanto, concentra-se principalmente na casca e nas sementes da melancia. Por isso, é necessário o aproveitamento de toda a fruta, mudando hábitos de consumo dos brasileiros , afirma a chefe da equipe nutricional do MinhaVida,Roberta Stella. O suco também é eficaz contra febres e as sementes aliviam a pressão alta , diz a especialista.

Uma talha com 100g de melancia é aliada suculenta da sua dieta: conta com apenas 31 calorias e ainda é rica em sais minerais (ferro, cálcio e fósforo) e vitaminas (complexo B, A e C). Por ser rica em água, ela tem ótima atuação no sistema digestivo e na limpeza das vias urinárias. Também tem grande quantidade de licopeno e glutationa, que protegem contra o câncer e o envelhecimento precoce.

Confira os outros alimentos que atiçam sua libido:

Alimento: Mel
Ação: Estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar. Também fornece boro, mineral que ajuda a metabolizar o estrogênio (hormônio sexual feminino).

Alimento: Aveia
Ação: Cereal rico em fibras solúveis, que aumenta da quantidade de testosterona disponível no sangue. Esse é o hormônio responsável pelo clímax tanto no homem quanto da mulher.

Alimento: Ostra
Ação: Ela e os outros frutos do mar contêm minerais (como o zinco) que são componentes indispensáveis dos hormônios sexuais.

Alimento: Castanha do pará e soja
Ação: Ambos são ricos em arginina, aminoácido que é matéria prima na formação do óxido nítrico, que faz o relaxamento dos vasos melhorando a circulação. (efeito do viagra)

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/materias/2745-melancia-combate-dificuldades-de-erecao

http://www.pria.com.br
LASZLO
Natural é estar bem!